terça-feira, 15 de julho de 2008

Há certas coisas que eu não sei dizer...e digo

Alguma música do Lulu Santos

Tenho um amigo que mora em Amsterdãn que esta semana desembarcou de férias no Brasil, assim que ele chegou em SP me ligou , ele morou muitos anos em SP e quando desembarcou aqui a única coisa que conseguiu me dizer: "Ana, tinha esquecido o quanto essa cidade é barulhenta!!!" E bota barulhenta nisso!!!

No domingo fui ao Vilalobos com o Márcio na volta, depois de uma pizza ele foi me levar pra casa, quando subiamos a Rebouças (uma Micro Massa Crítica) e depois de umas 5 xingadas fenomenais que levamos, chegamos a conclusão, que apesar de termos feito muitas coisa ainda não fizemos nada!

Ouvimos de tudo! Uma sinfonia de buzinas, uma mulher histérica gritando, um ônibus fechando, as reações eram as mais diversas, até de caipiras fomos chamados?!?!?!?

E isso em um domingo, imagina se fosse na segunda feira no horário de rache, talvez eu nem estivesse aqui para contar essa historia.

Será que um dia conseguiremos alcançar mais? Será que um dia veremos as pessoas realmente se arrependendo de tudo o que estão fazendo hj?

É estranho ver tantos valores destorcidos, aprendi que devemos respeitar uns aos outros, independe de raça, cor, idade, sabedoria. Eu não sou melhor do que vc, e vc não é melhor do que eu...

O nosso mundo já barulhento e acelerado de mais, tentar turbinar isso pode por vez destruir todo o pouco que temos, pense nisso!

3 comentários:

Silvio Tambara disse...

"Uma sinfonia de silêncio e luz". Só sendo surdo mesmo. Essa cidade é um buraco negro. A única vez que fui atropelado foi num domingo ensolarado. Mas não importa se já fizemos muito ou nada. Continuemos. Pelo menos, estamos nos divertindo.

bobmacjack disse...

Puxa, que triste essa reação do povo na Rebouças... Que houve com o "amaro ao próximo como a si mesmo"?

bobmacjack disse...

"amaro" = "amar"

Dislexia é isso aí!