domingo, 27 de dezembro de 2009

Cicloviagem de Reveillon

Amanhã eu e uns amigos vamos iniciar nossa cicloviagem de reveillon.

Nosso trajeto Guarujá - Boiçucanga - Caraguá - Ubatuba, total de 208km divididos em 3 dias de viagem.

Quem somos? Eu, Benicchio, Siqueira, Silas, Patty, Evelyn, Gallo, nem todos sairemos do mesmo lugar mas todos iremos para o mesmo destino e lá com certeza chegaremos juntos!

Que sabe você não nos encontra pelo caminho?!

Bem Feliz Ano Novo a todos e ano que vem posto fotos da viagem!

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

Vamos a la praia!

É amanhã!

Rota Ciclo turistica Marcia Prado:

Dia 19 de dezembro de 2009 o CicloBR, em parceria com o Parque da Serra do Mar, CPTM e Prefeituras das cidades São Paulo, São Bernardo Cubatão e Santos, irá realizar o Evento Teste da Rota Cicloturística Márcia Prado.


A Rota Cicloturística Márcia Prado tem início no bairro do Grajaú, ainda na cidade de São Paulo, passa por São Bernardo do Campo, Cubatão e termina na cidade de Santos. Todo seu percurso será indicado através de placas especialmente confeccionadas para distinção da rota.



A distância total da Rota Cicloturística Márcia Prado conta com percurso de 77 quilômetros, passando por paisagens naturais exuberantes de um dos poucos locais que ainda possuem mata atlântica preservada da Serra do Mar.

Portanto se você pretende participar deste evento, esteja certo de suas condições físicas e de seu equipamento, além de organizar seus próprios suprimentos de alimentação e reidratação e seu retorno. Consulte o mapa do percurso e sua altimetria abaixo para avaliar sua capacidade de participação.

As Prefeituras das cidades por onde passa a rota, o Parque Estadual da Serra do Mar e o Instituto CicloBr não se responsabilizam pela integridade física de qualquer participante, sendo que cada um será responsável pela programação e realização da sua cicloviagem durante o dia do evento!

Salienta-se que será permitida a entrada no Parque Estadual da Serra do Mar das 8h00 horas até as 15h00 horas, considerando que todos que saiam do parque tenham condições de chegar em Santos ainda com a luz do sol!

Exclusivamente no interior do Parque Estadual da Serra do Mar, o percurso será integralmente monitorado por agentes voluntários capacitados pelo Instituto CicloBr, onde, por motivos de segurança, será exigido alguns itens obrigatórios relacionados abaixo:

  • Capacete Afivelado
  • Tênis
  • Bicicleta em boas condições mecânicas
  • Preenchimento de um cadastro obrigatório na entrada do parque

Ao acessar o parque, como parte do monitoramento, todos os ciclistas passarão por uma palestra com dicas de segurança, preencherão um cadastro e ao final, responderão uma pesquisa. Além disso todas as bicicletas passarão por uma vistoria mecânica para que o ciclista não corra riscos desnecessários durante a descida do parque. Para deixar sua bike em perfeitas condições, não deixe de visitar a seção de dicas do hotsite.

Em tempo, estamos cooptando voluntários para ajudarem no Projeto NIP Bike. Caso queira se voluntariar, mande um email para ciclobr@ciclobr.com.br.

Parabéns a todos que tornaram a criação da Rota Cicloturística Márcia Prado possível, sendo apenas uma pequena homenagem a uma grande amiga e cicloturista! Paz no trânsito!


Dados informativos:

Quando: 19 de dezembro de 2.009.

Onde: início no Grajaú (São Paulo) e chegada em Santos

Horário de funcionamento do Parque Estadual da Serra do Mar: das 8:00 as 15:00



Mais
CicloBR

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Gallo

Temos figuras únicas pedalando por São Paulo. Uma dessas figuras é o Gallo, mesmo quem não o conhece, já o viu pedalando sua bike de 2 andares por aí...até para Ubatuba ele já foi com aquela gigante!


Aqui esta o Gallo!!

No melhor estilo "Tô no Clima!!!"

terça-feira, 8 de dezembro de 2009

A chuva de hoje

Hoje não fui trabalhar! Uma chuva constante alagou praticamente SP toda, um horror, fiquei 40 minutos presa dentro do “busão”, no mesmo lugar, tentando ir para Alphaville. Quando a radio (Eldorado) informou que tava tudo alagado e que não adiantava tentar ir a lugar nenhum, nem pestanejei e saltei do ônibus.


A Gastão Vidigal estava alagada, não dava para andar nem na calçada, entrei em uma ruazinha que dava na Imperatriz Leopoldina e segui, imaginei que lá seria mais fácil pegar um ônibus ou um táxi de volta para casa.


Andei umas 5 quadras e cheguei a um ponto final de ônibus perguntei para fiscal a situação e ele me falou, que os 3 últimos ônibus que deveriam chegar lá ainda não haviam chegado, um deles deveria chegar às 07:20hs e já era 08:55hs e nada. Segui a pé.


Da Imperatriz para casa o trânsito estava maravilhoso, a Teodoro Sampaio parecia pista de parque, explicação: nenhum carro conseguia chegar a Zona Oeste.

Cheguei em casa e liguei a TV, em todos os canais não se falava de outra coisa, o caos estava instaurado em SP.


Como fiquei por aqui resolvi almoçar na minha avó e depois protocolar uma documentação na CVS que fica ali na Dr. Arnaldo, na volta pra casa vi diversas lojas fechadas e alguns bancos não estavam funcionando.


Entrei em um Itaú na Teodoro Sampaio para sacar din-din e não agüentei, perguntei ao guarda por que o banco estava fechado, e ele me responde que apenas 4 funcionários haviam conseguido chegar, como não havia possibilidade de atender ao público com tão pouca gente a gerência havia suspendido o funcionamento no dia de hoje, mas que se precisasse de algo havia outros na região que estavam funcionando.


Um pouco depois que cheguei em casa minha mãe me ligou, estava super preocupada por causa das notícias que viu na TV, aí contei toda a minha aventura para ela que quase como um relâmpago solto:


- Poxa filhinha, você passou por tudo isso e não tem mais carro!


E eu respondi:


- Ainda bem né mãe, se eu estivesse de carro, ou eu estaria lá até agora tentando voltar ou ele estaria alagado.

sábado, 5 de dezembro de 2009

Coisas.

Acho muito engraçado conversar com as pessoas sobre as mudanças que escolhi para minha vida.

Muitas sugerem com olhares duvidosos que tudo o que digo é mentira! Eu sei que na altura dos meus quase 32 anos, não devo satisfação a mais ninguém, mas gosto de contar, comparar e argumentar. Sei lá isso esta dentro de mim, não tem muito como mudar.

Pode ser gênio, pode ser signo, pode ser um monte de coisas, a única coisa que tenho realmente certeza é que às vezes dá certo! E quando dá a felicidade que inunda meu coração ultrapassa qualquer tipo de represália.


É muito bom conversar com um novo amigo e esse te dizer que gostaria de ter sua coragem e força de vontade, mas é triste ao mesmo tempo quando o mesmo lhe diz que gosta de conversar com você pois é única pessoa que conhece que não vai achá-lo um louco quando contar suas vontades.


Faz 6 meses que integralmente troquei meus hábitos, digo integralmente, pois antes minha mente já havia mudado, porém alguns hábitos diários não me permitiam o desligamento completo.


Não uso mais meu carro, vendi metade do meu carro para meu irmão, “demos” ele para minha mãe, hoje tenho uma vaga na garagem que só é usada quando ela vem de Ubatuba me visitar, tenho feito 70% das minhas coisas de ônibus, 20% de bike e uns 10% a pé.


Gostaria de usar muito mais a minha bike, mas trabalho longe e todo dia pegar estrada para trabalhar é cruel, ainda mais em um país onde a bike ainda é vista como um obstáculo do trânsito e não uma opção.


Nesses 6 meses, peguei carona umas 5 vezes, usei um táxi apenas 2 (uma vez para ir ao aeroporto e outra para voltar dele), e sim tenho mostrado a muitos amigos e parentes que é possível!


Basta ter força de vontade.

quinta-feira, 3 de dezembro de 2009

Tô no Clima!




O Instituto CicloBR está apoiando a Campanha “Tô no Clima para salvar o planeta” e para ajudar na divulgação da campanha, o CicloBR irá promover um passeio ciclístico no próximo sábado, dia 05 de dezembro. Participe, pegue sua bicicleta e venha pedalar com a gente.

Horário: Concentração as 15h00 e pedalada as 16h00

Saída: Praça do Ciclista (Av. Paulista entre as ruas Bela Cintra e Consolação – mapa)

Chegada: Parque do Ibirapuera

Como chegar: Quem vem do centro pode subir a Rua Augusta e quem vem dos Jardins pode subir a Rua Bela Cintra. Evite ir de carro, pois a região é complicada para estacionar. Uma opção é usar o Metrô que a partir das 14h00 é liberado para bicicletas. A estação mais próxima é a Consolação da linha Verde do Metrô.

Próximo da Praça do Ciclista há dois pontos de alugueis de bicicleta da UseBike. Um na Estapar do Prédio São Luis e outro na Estapar do Conjunto Nacional. Chegando na praça, pergunte aos ciclistas onde há um Bicicletário mais próximo.

Apesar do passeio terminar no Ibirapuera, muitos ciclistas irão retornar para a Praça do Ciclista.

Para maiores informações escreva para ciclobr@ciclobr.com.br

CicloBR

sexta-feira, 30 de outubro de 2009

São Roque!

Há cerca de 2 semanas, uma vontade singela de comer alcachofra foi um excelente pretexto para fazer uma trilha de bike...afinal para comer tem que gastar antes né...

Sobe...

Sobe mais um pouco...

Continua subindo...

E quando você tem certeza que não vai nunca mais parar de subir...

Você chega!
O que?! Não pode bicicletata? Tava escrito a caneta, então acreditamos que era mentira...mas se não for agora já era!

Pedala um pouco e...

1° Queda...arranhão no cotovelo

Para para foto, e...

2° Queda, tá assumo nesse dia estava exageradamente barbeira, dessa vez eu cai pelo simples fato de estar em pé!

Vai entender

Expo São Roque 2009

terça-feira, 27 de outubro de 2009

sexta-feira, 23 de outubro de 2009

Afilhados...

Reprodução na integra o convite dos meus mais novos afilhados... casamento ciclístico pede madrinha ciclista



"A Pedalada do Casório é nesse sábado!

Não esqueça! É nesse sábado, dia 24, que eu e a Priscila vamos nos casar de bicicleta. A partir das 9h estaremos na Praça do Ciclista (Paulista com Consolação) e às 9h30 sairemos em direção ao cartório, que fica na Av. Jabaquara, ao lado do metrô Saúde

Depois do enlace vamos para a lanchonete Subway do Paraíso, na R. Vergueiro, 1954 (entre as estações Ana Rosa e Paraíso do Metrô), com previsão de chegada às 12h30, onde cortaremos o bolo. Quem quiser pode aproveitar para almoçar por lá. Vamos encher a frente da loja de bicicletas!

Vá de bike!

Se você está sem bicicleta, você pode alugar uma nos estacionamentos da rede Estapar da Av. Paulista (
Top Center, Hospital Santa Catarina, Conjunto Nacional e Colégio São Luiz) ou nas estações de metrô Paraíso e Vila Mariana. Primeira hora grátis, R$ 2 a hora adicional, ou tudo de graça se você for cliente da Porto Seguro. E você pode devolver na estação Paraíso na volta, quando pararmos na lanchonete (é pertinho, dá pra ir a pé).

O caminho é todo plano e vamos pedalar sem pressa, para todo mundo acompanhar, mesmo quem não tem lá aquele preparo físico. E se você achar que não aguenta pedalar o trajeto todo, pode se juntar à turma pelo caminho (Paulista - Vergueiro - Dom.Morais - Jabaquara). Estaremos usufruindo do nosso direito de circular de bicicleta pelas ruas da cidade em um grupo grande de ciclistas, o que traz mais segurança para todos. Pode levar esposa, mãe, irmã, namorado, filhos, amigos... O importante é estar de bicicleta!

Ah, aos sábados o Metrô aceita bicicletas a partir das 14 horas. Se você fizer um tempo com a gente ali na lanchonete, dá para ir embora de metrô depois, com bike e tudo.

Willian Cruz
+ Vá de Bike! +
Twitter: @wcruz "



O Noivo
Um amigo

terça-feira, 20 de outubro de 2009

Retorno a Infância...

Quando eu tinha sei lá uns 8 anos, meu pai e alguns amigos compraram um sítio lá em São Luiz do Paraitinga.

Eram 5 amigos todos com filhos mais ou menos da mesma idade que eu, todos nós convivíamos como se fossemos irmãos.

A idéia do sítio era montar uma comunidade de férias, assim "dividiriam" o sítio, construiriam casas e nas férias todos estariam juntos como sempre.
Com o passar dos anos apenas meu pai construiu uma casa, um dos "sócios" desistiu e todos os outros abandonaram o lugar.

Depois de praticamente 19 anos a vontade de voltar a freqüentar o lugar foi aumentando cada vez mais, e consumindo o meu corpo esperando apenas um empurrão para me levar de volta.

Nem me lembrava direito o que tinha lá, a última vez que me lembro de ter estado lá foi aos 12 anos, nos últimos anos apenas algumas paradas rápidas quando ia ou voltava de Ubatuba.

Uma vergonha considerando o que o lugar pode proporcionar.
E assim no feriado das crianças, retornei a minha infância voltando a um lugar que só me remetem lembranças doces.

E como não poderia ser diferente a doçura do lugar permanece a mesma e as lembranças se tornaram ainda mais açucaradas.

O lugar é lindo e há alguns anos passou a integrar a área de proteção ambiental... a casa não tem luz, não tem gás, não tem nada que possa fornecer algum conforto moderno...mas é surpreendentemente confortável.

Dormir ouvindo morcegos, e acordar ouvindo pássaros, é a verdadeira prova do quanto se está imerso na natureza.

Redescobrir que é possível tomar banho quente com água esquentada no fogão a lenha, tendo como auxílio apenas um balde e uma caneca, e melhor, ver que um balde de água é mais que o suficiente para tomar banho!

E o que é aquele rio!!!Que recorta o terreno e invade o silêncio convidando para um mergulho gelado, mas renovador.

Pedalar até o alto das montanhas e

depois remar rio abaixo, não tem como explicar, apenas estando lá.


Obrigada!


Mais Fotos (não boas como essas, mais que quebram um galho)

Aninha Multiply

sábado, 26 de setembro de 2009

7.o Pedal Verde – Dia da Árvore, Início da Primavera e Dia Mundial Sem Carro!


Neste mês de setembro, muitos dias especiais animam o PEDAL VERDE! Por isso, iremos comemorar plantando 10 árvores no primeiro parque da cidade de São Paulo, respeitando o projeto paisagístico deste lugar histórico! Marcando a reconexão das pessoas com o verde da cidade, comemorando o Dia da Árvore e o início da primavera plantando e andando de bicicleta para lembrar também do Dia Mundial sem Carro! Após o plantio convidamos todos a conhecer a história e vegetação que habita o parque além de propor um pique-nique entre os participantes!!!

Esperamos vocês lá!

quarta-feira, 2 de setembro de 2009

Pedal Cultural 2009


Enquanto eles desfilam em tanques, nós andamos de bicicleta…

Vamos juntos render um tributo aos versos de Adoniran Barbosa, e percorrer de bicicleta o caminho do imortal “Trem das Onze”, com pausas lúdico-culturais em cada uma das antigas estações.

Sendo feriado, você pode levar sua bicicleta no metrô até a Estação Consolação e assim chegar na Praça do Ciclista.
Iniciantes com receio do percurso poderão se juntar ao “Trem das Onze” nas estações do Metrô que nossa composição cruzará: Portuguesa-Tietê, Carandiru, Parada Inglesa ou mesmo Tucuruvi.

“Agora não preciso mais de condução
Moro e trabalho aqui mesmo no meu bairro
Jaçanã
Mas sofri uma grande decepção quando disseram
Vá lá embaixo ver, tão derrubando a nossa estação
Fui lá vê se era verdade
E era”…

Pincharam a Estação no Chão – Adoniran Barbosa

PS: O Sistema UseBike não funcionará no dia 7 de Setembro.

quarta-feira, 26 de agosto de 2009

6° Pedal Verde


Vamos todos pedalar este próximo domingo! Curtindo o fim do inverno, vendo a natureza acordar para a chegada da Primavera!!! Falta menos de um mês para o DIA DA ÁRVORE e neste dia 30 iremos realizar o plantio de ao menos 5 árvores numa praça pertinho da Avenida Sumaré (Abelardo Rocas) na Zona Oeste de São Paulo.

O encontro é no viveiro Manequinho Lopes as 8:00 e saída as 9:00 com as mudas, terra e ferramentas nas próprias bicicletas!!! Vamos aprender juntos a plantar mais árvores na nossa cidade, vamos conhecer as que já habitam o nosso caminho! Venha com sua família e amigos, é um passeio bem leve, com pessoas que irão recebê-lo com toda alegria e amor pela cidade que queremos mais verde!!!

Não esqueçam de trazer para o passeio:

  • água
  • capacete
  • luvas
  • alimento
  • alegria
  • e muita vontade de trocar experiências e sonhos para uma cidade mais sustentável!!

Até breve!!! Pedalando e Plantando por São Paulo mais verde e mais humano!!

Mais:

Pedal Verde

segunda-feira, 24 de agosto de 2009

E com vocês... Lolah!!!



Essa é Lolah! A mais nova senhora de duas rodas de São Paulo. Ela foi resgatada após ser abandonada no prédio que eu moro.

Logo que me mudei pra lá dei de cara com essa princesa e me apaixonei, ai depois de mostrar algumas fotos ao Canna resolvemos restaura-la.

ALolah foi salva junto com tandas outras bicicletas que estavam abandonadas no meu prédio, é impressionante a quantidade de bicicletas abandonadas nas garagens dos prédios de São Paulo.

Quando fiz a campanha de doação de bicicletas para o Pedalando e Aprendendo eu já tinha a intensão de ficar com essa bixinha e logo avisei ao Sindico, vou recuperar todas as outras bicicletas para doação mas quero ficar com algumas.

Então eu fiquei com a Lolah, o Haase com a Mafaldinha e ainda uma Ceci para a Chantal.

Assim após alguns meses de espera ela ficou assim linda e muuuuito charmosa.

Canna obrigada pela ajuda e JuM a cestinha e as manoplas ficaram maravilhosas.


Mais fotos

Aninha Multiply
Canna

quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Família Ciclistica

Foto:Ju Neumann

Beto, eu e o Henrique - como disse o João: Dois restauradores e uma sempre restaurada, hehehhee


Família que pedala unida...permanece unida
!

terça-feira, 18 de agosto de 2009

Sofia...obrigada!!!

video

Haase e Sofia...obrigada por me fazer chorar! A muito tempo não me emocionava assim...

Mais: Haase

quinta-feira, 30 de julho de 2009

Bicicletada Julho

Julho chegou e nos trouxe mais uma Bicicletada.

A Massa Crítica Paulistana convida as pessoas a ocuparem o espaço público de maneira inteligente.

Sempre com muita alegria, pessoas em seus veículos não-motorizados irão comemorar de uma maneira nada tradicional a "Mobilidade" todos cidadãos da cidade.

"Você aí parado, comemorar conosco, é o melhor lado!"

Aqui todo mundo é bem vindo, não importa o valor do seu carro ou a grife da sua cueca.

Venha como puder.....


A Bicicletada Paulistana (Critical Mass) acontece sempre na última sexta feira do mês há mais de 6 anos, e em mais de 400 cidades do mundo, simultaneamente. Para participar, a única obrigatoriedade é comparecer ao ponto de encontro com um meio de transporte não motorizado. Pode ser Bicicleta, Patins, Skate ou até mesmo com seus próprios pés.

Não tem bicicleta ou não sabe pedalar ?... sem problemas. Apareça o quanto antes na praça do ciclista e veja como fazer para pegar uma bicicleta emprestada, ou faça uma horinha conosco por lá.

A concentração é a partir das 18:00 do dia 31/07.

As
20:00 começa o pedal lúdico-educativo, retornando à praça para a continuação da comemoração em plena Avenida Paulista.

Se preferir, venha de bonde:
http://www.bicicletada.org/bondes (caravanas )


Em caso de chuva o evento está automaticamente CONFIRMADO, já que não existe nada que impeça nossa mobilidade pela cidade de São Paulo.

Contaremos com a presença especial da nossa amiga Fernanda Bucci, portadora de um paralisia cerebral, e de todos mais na Bicicletada.