terça-feira, 20 de outubro de 2009

Retorno a Infância...

Quando eu tinha sei lá uns 8 anos, meu pai e alguns amigos compraram um sítio lá em São Luiz do Paraitinga.

Eram 5 amigos todos com filhos mais ou menos da mesma idade que eu, todos nós convivíamos como se fossemos irmãos.

A idéia do sítio era montar uma comunidade de férias, assim "dividiriam" o sítio, construiriam casas e nas férias todos estariam juntos como sempre.
Com o passar dos anos apenas meu pai construiu uma casa, um dos "sócios" desistiu e todos os outros abandonaram o lugar.

Depois de praticamente 19 anos a vontade de voltar a freqüentar o lugar foi aumentando cada vez mais, e consumindo o meu corpo esperando apenas um empurrão para me levar de volta.

Nem me lembrava direito o que tinha lá, a última vez que me lembro de ter estado lá foi aos 12 anos, nos últimos anos apenas algumas paradas rápidas quando ia ou voltava de Ubatuba.

Uma vergonha considerando o que o lugar pode proporcionar.
E assim no feriado das crianças, retornei a minha infância voltando a um lugar que só me remetem lembranças doces.

E como não poderia ser diferente a doçura do lugar permanece a mesma e as lembranças se tornaram ainda mais açucaradas.

O lugar é lindo e há alguns anos passou a integrar a área de proteção ambiental... a casa não tem luz, não tem gás, não tem nada que possa fornecer algum conforto moderno...mas é surpreendentemente confortável.

Dormir ouvindo morcegos, e acordar ouvindo pássaros, é a verdadeira prova do quanto se está imerso na natureza.

Redescobrir que é possível tomar banho quente com água esquentada no fogão a lenha, tendo como auxílio apenas um balde e uma caneca, e melhor, ver que um balde de água é mais que o suficiente para tomar banho!

E o que é aquele rio!!!Que recorta o terreno e invade o silêncio convidando para um mergulho gelado, mas renovador.

Pedalar até o alto das montanhas e

depois remar rio abaixo, não tem como explicar, apenas estando lá.


Obrigada!


Mais Fotos (não boas como essas, mais que quebram um galho)

Aninha Multiply

Um comentário:

Anônimo disse...

De nada. ;-)