sábado, 5 de dezembro de 2009

Coisas.

Acho muito engraçado conversar com as pessoas sobre as mudanças que escolhi para minha vida.

Muitas sugerem com olhares duvidosos que tudo o que digo é mentira! Eu sei que na altura dos meus quase 32 anos, não devo satisfação a mais ninguém, mas gosto de contar, comparar e argumentar. Sei lá isso esta dentro de mim, não tem muito como mudar.

Pode ser gênio, pode ser signo, pode ser um monte de coisas, a única coisa que tenho realmente certeza é que às vezes dá certo! E quando dá a felicidade que inunda meu coração ultrapassa qualquer tipo de represália.


É muito bom conversar com um novo amigo e esse te dizer que gostaria de ter sua coragem e força de vontade, mas é triste ao mesmo tempo quando o mesmo lhe diz que gosta de conversar com você pois é única pessoa que conhece que não vai achá-lo um louco quando contar suas vontades.


Faz 6 meses que integralmente troquei meus hábitos, digo integralmente, pois antes minha mente já havia mudado, porém alguns hábitos diários não me permitiam o desligamento completo.


Não uso mais meu carro, vendi metade do meu carro para meu irmão, “demos” ele para minha mãe, hoje tenho uma vaga na garagem que só é usada quando ela vem de Ubatuba me visitar, tenho feito 70% das minhas coisas de ônibus, 20% de bike e uns 10% a pé.


Gostaria de usar muito mais a minha bike, mas trabalho longe e todo dia pegar estrada para trabalhar é cruel, ainda mais em um país onde a bike ainda é vista como um obstáculo do trânsito e não uma opção.


Nesses 6 meses, peguei carona umas 5 vezes, usei um táxi apenas 2 (uma vez para ir ao aeroporto e outra para voltar dele), e sim tenho mostrado a muitos amigos e parentes que é possível!


Basta ter força de vontade.

Um comentário:

Fourier disse...

Disse e repito: Você é um exemplo!

Parabéns pela coragem!

Te admiro!

Beijos.