quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Tapa na Bunda = Espelho Quebrado!

Ontem...é foi ontem!

Eu de férias, com todos os dotes culinários ativados pela falta do que fazer enquanto aguardo o início da minha viagem de final de ano, resolvo fazer um mousse de chocolate para levar a ceia de natal.

Olho no armário da cozinha e nada de ovos, chocolate e outros ingredientes básicos para a produção do mousse.

Desço na garagem pego a "rosinha" e vou feliz da vida ao Pão de Açúcar da Mourato.

Mais feliz ainda pois não precisarei me preocupar com onde levarei minhas compras afinal minha linda cestinha de vime foi estrategicamente comprada para esses fins.

Paro a bike no bicicletário, pego o "tudo de bom" controle de entrada de bikes no Pão de Açúcar, faço minhas compras e sigo o caminho para casa.

Como de costume, subo a Teodoro sentido lar, na faixa da esquerda ao lado dos carros estacionados pois tenho certa repulsa por aqueles ônibus psicóticos que sobem pela direita.

Logo no primeiro farol, esquina com a Fradique, sou surpreendida por 4 "MULEKES" em um Honda Fit (não anotei a placa, merd*!), que insistem em me chamar de gostosa pra baixo...até propostas estavam a me fazer.

Como já ocorrido outras vezes, deixei meu lado Aninha Metida falar mais alto e os ignorei!

O farol abre e como sempre a força do pedal me permite sair com uma certa vantagem sobre eles, o Motoboy que estava atrás de mim, me respeita e espera calmamente ter espaço para me ultrapassar.

O Honda Fit novamente me alcança e o palhaço que estava do lado esquerdo coloca estupidamente a mão para fora do carro, lógico que eu não estava vendo nada, estava de costas em relação a eles, e um tapa no braço me demonstra claramente que ele errou a mira!

Grito meia dúzia de palavrões, desacreditando que sim! ainda existem MULEKES nesse mundo.

Mas como ainda existem MULEKES ainda existem cavalheiros...o motoboy que estava atrás de mim indignado com o que acabou de ver me ultrapassa na melhor performance motoboy paulistano ergue sua perna direita e chuta o retrovisor do Honda Fit, que dobra quebrado ou simplesmente deslocado.

O motoboy me faz um "jóia" com a mão direita e acelera, o Honda Fit me esquece e resolve seguir o Motoboy, perco a vista de ambos e sigo menos put* em minha pedalada.

Tenho certeza que o MULEKES do Honda Fit, apesar do prejuízo, não aprenderam P... N...!